Adestramento de Cães em Castanhal | Leia Antes de Contratar!

Olá, seja bem-vindo(a). Se você chegou até aqui é porque está buscando Adestramento de Cães em Castanhal.

Mas antes de sugerir algum adestrador aqui em Castanhal, eu gostaria de passar algumas informações que são importantíssimas para aprimorar o adestramento do seu cãozinho.

Você sabia que é um cinófilo? O nome é bem estranho, mas o significado dessa palavra representa muito.

Do grego kýon = cão (+) phílos = amigo

Então, eu, você e cada vez mais pessoas (que bom, não é?) somos cinófilos: pessoas que são apaixonadas, são amigas e cuidam de cães.

A maioria das pessoas adora e dá preferência por adotar filhotes. Mas o adestramento é sempre importante para que não leve vícios e manias para a fase adulta?

Assim como as crianças pequenas, os cães adoram testar nossos limites para saber até onde podem ir.

Para que seu animalzinho aprenda a obedecer aos seus comandos, é preciso usar as palavras certas, transformando o adestramento em um processo positivo para você e seu amigão!

E como realizar o Adestramento de Cães sem magoá-lo, sem agressividade e de modo que nosso querido peludo não perca a confiança em nós?


Quando seu cão entende as regras da casa, ele se sente mais tranquilo e, consequentemente, mais feliz. E não, você não precisa – e nem deve – ser violento ou agressivo para que isso aconteça!

O adestramento deve ser positivo não apenas para o dono, mas também para o animal, sem causar traumas.

Quer saber como usar as palavras certas para que o seu amigo de quatro patas fique super obediente?

Então clique aqui e adquira seu guia completo. Você aprenderá de forma fácil e muito mais acessível que um adestramento de cães comum, com as atitudes corretas e sem danos.

Ao contrário do que muitos pensam, os cães não entendem a nossa linguagem.

Por outro lado, são ótimos intérpretes dos movimentos corporais e também do nosso tom de voz. Por isso, o adestramento de cães deve ser feito com comandos acompanhados de gestos e da entonação correta, para que seu animalzinho possa corresponder a eles.

Outra dica importante é usar palavras curtas, para que seu cão identifique mais facilmente o que você quer dizer. O latido muitas vezes quer dizer frustração ou desentendimento, por isso é importante ser firme e seguro.

Guia de Adestramento de Cães vai lhe mostrar como educar um cachorro da forma correta, não traumatizando seu peludo de quatro patas.

Adestramento de Cães

Você irá aprender a usar as palavras certas, no momento certo.

Por exemplo: se o seu cão está “triturando” seu melhor calçado, a palavra “não” nesse momento é muito importante. Mas você não pode dizer a palavra “não” seguida do nome dele, pois ele ficará confuso, interpretando que é uma extensão do seu nome.

Usando as palavras certas, simples e curtas, tendo disciplina e adotando um padrão nos comandos, a sua relação com o seu cão vai ser a melhor possível, e ambos vão ser ainda mais companheiros.

Para que vocês consigam os melhores resultados, é importante que o processo de adestramento de cães comece desde cedo, de preferência logo quando o filhote chega em casa.

Como educar um cachorro é uma tarefa relativamente fácil, pois irá depender muito de sua paciência e tempo, mas os resultados compensarão.

Sim Quero Educar Meu Cachorro

Adestramento de Cães em Castanhal | Cães Mais Velhos

Será que cães mais velhos, que já passaram da fase filhote, também podem ser educados?

Muitas pessoas têm essa dúvida. Existe um mito muito forte que só quando é filhote o cachorro aprende. Mas isso não é verdade, geralmente é possível educar um cão de qualquer idade! Depende do que vai ser ensinado e qual a idade do cão.

Se você for ensinar um comportamento novo, por exemplo: dar a pata, sentar ou fazer algum truque, seu cachorro que já não é mais filhote pode aprender também tranquilamente.

Aliás, ensinar comandos novos pra animais mais velhos ajuda a prevenir disfunções cognitivas que ele possa ter por causa da idade, evita que o cãozinho fique desorientado ou tenha outros tipos de dificuldade, e isso vai melhorar a qualidade de vida dele.

É como nós, humanos. As pessoas com mais idade também precisam se manter ativas dentro das suas limitações, manter a mente e o corpo em  movimento.

Mas se você quer mudar algum comportamento que não está legal, é um pouco mais trabalhoso. Não é impossível, mas pode ser um pouco mais demorado pra alterar.

Um comportamento que é repetido durante anos é como um vício, não é tão fácil de perder. Então será preciso um pouco mais de paciência e treino com seu cãozinho adulto.

Mas vale muito a pena e o bem estar do seu cãozinho depende de você. Ele precisa da sua orientação e do seu cuidado.

Para saber como isso pode ser feito, clique aqui e veja o Guia de Adestramento de Cães.

Ele vai lhe mostrar como educar um cachorro, mesmo já em fase adulta.

Pra saber se o seu cãozinho está na fase sênior, ou seja, se ele já é idoso, é bem fácil!

Identifique a expectativa de vida da raça do seu cachorro e divida assim:
Por exemplo, se a expectativa de vida é de 12 anos…

  • 25% equivale à idade infanto-juvenil, ou seja, até os 3 anos…
  • 50% é idade adulta, ou seja, dos 3 aos 6 anos…
  • e os 25% restantes é a idade senil, ou seja, a partir dos 9 anos.

Mas independente da fase em que o seu cão esteja, seja filhote, adulto ou idoso, é possível fazer com que ele aprenda.

Com muito respeito, carinho e paciência é possível ensinar nossos companheiros mais velhinhos.

Adestramento de Cães

Como educar um cachorro para não destruir tudo

Em geral, são 4 grandes motivos para os cachorros destruírem os objetos:

  • Porque está com tédio e não tem outra opção a não ser destruir,
  • Porque é reforçado pelas pessoas,
  • Porque está cuidando do seu território e
  • Porque esse é um problema secundário a um problema comportamental ou de saúde.

Os cachorros precisam de um ambiente estimulante. Muitos cachorros não são estimulados o suficiente pois não têm canais de escape.

Eles não conseguem dar vazão aos comportamentos normais, como caminhar, correr, cheirar, ver coisas novas… Vão partir para comportamentos menos desejáveis para preencher esse vazio…

As vezes até levando a quadros compulsivos.

Ajude seu cãozinho a melhorar seu comportamento. Clique aqui.

Você pode até pensar que seu cão faz muito exercício e tem muitos brinquedos. Mas você está vendo do seu ponto de vista humano. Ver do ponto de vista do animal é muito diferente:

  • Um passeio de 30 minutos diários não é o suficiente. Os cães caminham quase 80% do dia.
  • Um quintal grande do ponto de vista humano é um cubículo para um cachorro, que teria territórios de poucos milhares de metros quadrados.
  • Passeios de final de semana não são diversão e exercício o suficiente. Muito menos escape para sua energia.
  • Os brinquedos que lhe pertencem há um tempo, podem não ser mais atraentes como antes.

Então, como educar um cachorro não permitindo que destrua tudo e ao mesmo tempo atendendo as suas necessidades?

A melhor forma de fazer com que ele pare de morder o que não deve é dar mais oportunidades para ele morder, roer, destruir o que deve. Ou seja, redirecionar o comportamento indesejado para coisas que ele pode morder.

E, ao mesmo tempo, não deixar que ele morda, roa, mastigue, destrua coisas que não pode. Faz sentido? E como fazer isso?

Oferecendo brinquedos resistentes. Sabe aqueles ossos especiais que duram quase a vida toda?

E brinquedos educativos. Aqueles que parecem cada vez mais com os brinquedos complexos de crianças, que criam desafios mentais.

Existem muitas opções no mercado, algumas mais caras e outras menos: Kongs de vários formatos, tabuleiros Pet Games, ossos Buddy Toys, orelhas de boi defumadas…

Parece que estamos falando de filhos, não é mesmo?

Mas estamos, sim. Para quem realmente ama e se preocupa com o bem estar desses bichanos, eles são considerados filhos. E como tais, merecem todo nosso carinho e respeito.

São nossos animais de estimação e não “brinquedinhos de estimação“.

Com o Guia de Adestramento de Cães você poderá ter a certeza de como educar um cachorro da forma correta, seguindo etapas que são simples, mas eficazes.

Sim Quero Educar Meu Cachorro

 

Adestramento de Cães

Ainda bem que você chegou, nana… A almofada enlouqueceu!!!!

Como educar um cachorro a fazer necessidades no lugar certo

Delimitar um espaço para que ele fique durante esse processo de aprendizagem é importante também.

Se o animal tiver acesso a toda a casa, a chance dele errar o local vai ser maior, afinal de contas, ele pode estar muito distante do lugar certo e não vai conseguir segurar até lá.

Portanto, quando filhote, limite o espaço dele em apenas uma ou duas áreas da casa, como cozinha e sala, por exemplo.
Isso ajudará o animal a aprender mais rápido o local correto.

Uma observação para qualquer treinamento é o sistema de recompensa!

Sempre que o filhote fizer o xixi ou coco no local certo, faça festa e muito carinho, pois com o tempo ele vai perceber que sempre que fizer as necessidades naquele local ele será recompensado!

Prefira sempre a recompensa com carinho e afeto do que com petiscos. No entanto, se você observar o filhote fazendo as necessidades fisiológicas no lugar errado, simplesmente diga: NÃO!

Com um tom de voz mais sério (não precisa berrar), pegue-o e coloque-o no local certo (mesmo que durante o caminho ele vá fazendo xixi, afinal de contas, ele ainda não consegue segurar).

Tudo isso e muito mais você irá aprender adquirindo o Guia de Adestramento.

Xixi e cocô no lugar certo

Os cachorrinhos costumam dar sinais quando precisam satisfazer suas necessidades. O dono, ao perceber o momento, deve pegar o animal e levá-lo até o lugar escolhido para ser o banheiro do bichinho.

Nesse primeiro momento, as broncas devem ser substituídas pelo incentivo e elogio quando ele fizer no lugar certo.

Com o cachorro mais desenvolvido, o dono pode começar a ficar bravo quando começarem a surgir pistas de que o fujão resolveu carimbar outras áreas da casa.

Você quer saber mais sobre esse tema? Clique aqui  e adquira agora seu Guia de Adestramento.

Com linguagem simples e de fácil entendimento, verá que é possível ter seu amigo sempre com você, de forma educada, tranquila e saudável.

Como educar um cachorro para morar em apartamento

Morar em apartamento com animais de estimação é uma delícia, traz alegria e até mais segurança para a casa.

No entanto, esses animais exigem alguns cuidados especiais que devem ser levados em conta. O animal deve apresentar capacidade de adaptação para viver em pequenos espaços e ter suas necessidades físicas e fisiológicas atendidas.

Dentre os animais domésticos que vivem em apartamento, o cachorro é o preferido dos brasileiros, presente em muitas casas de família, e principalmente naquelas que têm criança.

Os cachorros tem uma ligação muito forte com seu dono e conseguem se adaptar a espaços diferentes.

Por isso, são muito indicados para aqueles que querem adicionar um membro fofinho na família.

Algumas raças são mais adequadas do que outras, mas independente da espécie, podem ser tomadas algumas medidas de adestramento para educar os bichinhos ainda filhotes, evitando maiores desconfortos lá na frente.

Coloque limites desde o nascimento

Desde cedo, os filhotes devem ser educados a respeitar o espaço dos outros. Por isso, colocar limites e estabelecer autoridade é importante desde cedo.

Assim como um bebê que está aprendendo a se relacionar com o mundo, o cachorro deve ser ensinado sobre o que é permitido e o que não, e deve ser alertado ou seriamente reprimido quando incide em uma ação errada.

Como educar um cachorro a latir menos

Os latidos dos cachorros é um comportamento normal. Deixa de ser normal, quando os latidos são excessivos, que chegam a perturbar não só você, mas também os vizinhos ou visitas, a ponto de você nem conseguir conversar.

Para evitar problemas maiores você deve educar, ou seja, ensinar o seu cachorro a parar de latir ou pelo menos fazer com que o cachorro diminua os latidos, ensinando-o a latir quando realmente for necessário.

Há cachorros que latem até mesmo para a própria sombra. Outros ficam latindo para o seu próprio rabo.

*Lembrando que latir é normal e saudável para o cão!

Quando você recebe uma visita em casa e o seu querido cachorro começa a latir sem parar, chegando até rosnar e avançar nas visitas, além da visita ficar com medo e querer ir embora, você ficará com vergonha.

Bom, primeiramente é normal os cachorros latirem para as visitas, porque eles não estão acostumados com determinada pessoa.

Eles também podem ter esse comportamento por medo, ou até mesmo por ciumes do seu dono.

Temos algumas dicas de como educar um cachorro para não latir, quando você receber visitas.

  • Antes das visitas chegarem, tire o seu cachorro da sala, para que as visitas possam entrar na casa.
  • Explique a elas que você está ensinando o seu cachorro a parar de latir para as visitas e peça para que elas o ajudem.
  • Depois de uns 20 minutinhos solte o cachorro e peça para que sua visita não dê atenção à ele, fingindo que ele não está no local, mas fique atento para que ele não tente avançar em ninguém.
  • De alguns petiscos à sua visita e peça para que deixe alguns petiscos ao redor dos pés.
  • Deixe o cachorro ir sozinho pegar os petiscos. Faça isso com cada visita nova que visitar você. Ele irá entender que a visita é também amiga dele.

Observação: Fique atento quando o seu cachorro latir em horários que ele não costuma latir, pois o cachorro pode estar identificando algum perigo na casa, e ele se põe a latir a fim de chamar o dono para ver o que está acontecendo!

No Guia de Adestramento de Cães você irá encontrar todos esses itens e muito mais, com ilustrações para cada passo a passo.

Clique aqui e saiba agora mesmo como educar um cachorro de uma maneira muito didática e totalmente ao seu alcance.

Como educar um cachorro – curiosidades

  • Um cachorro adulto tem 42 dentes.
  • Os cães são onívoros, eles precisam comer mais do que apenas carne.
  • O olfato dos cachorros é 1 milhão de vezes melhor do que o dos seres humanos. O olfato dos cães é um dos melhores da natureza. Se as membranas situadas no nariz dos cães fossem estendidas, elas seriam maiores que o próprio cão.
  • A audição dos cachorros é 10 vezes melhor do que a dos humanos.
  • Castrar seu cachorro pode ajudar a prevenir vários tipos de câncer.
  • Se não for castrada, uma cachorra pode ter 66 filhotes em 6 anos.
  • Um cão pode correr até 30km/h. A raça mais rápida do mundo é o Whippet.
  • Na Bíblia, os cachorros são mencionados 14 vezes.
  • As cachorras carregam seus bebês na barriga por 60 dias antes deles nasceram.
  • Comparado com os humanos, os cachorros tem o dobro de músculos na orelha.
  • Os cachorros serão submissos a qualquer um que se mostrar superior.
  • O nariz de cada cachorro é único, assim como nossa impressão digital.
  • A temperatura canina gira em torno de 38ºC.
  • Os cachorros suam através da pele entre seus dedos das patas.
  • 70% das pessoas assinam o nome de seus animais de estimação nos cartões de natal, junto com o nome da família.
  • As pessoas tem cachorros como bichos de estimação há 12 mil anos.
  • É um mito dizer que os cachorros não enxergam cores. Eles podem ver cores, mas em tonalidades diferentes do que vemos.
  • Obesidade é o problema de saúde mais comum nos cachorros. Normalmente decorrente de má alimentação.
  • A maior ninhada ocorreu em 1944 quando uma American Foxhound teve 24 filhotes.
  • Dar chocolates aos cães pode ser fatal para eles. Um ingrediente do chocolate, a teobromina, estimula o sistema nervoso central e o músculo cardíaco. Cerca de 1 kg de chocolate ao leite, ou 146 gramas de chocolate puro podem matar um cão de 22 kg.

Como educar um cachorro – melhor amigo do homem

É comum ouvir que o cachorro é o melhor amigo do homem. E não é para menos.

Além de serem companheiros, muitas vezes estes animais arriscam suas vidas para proteger os donos. Essa fidelidade já foi motivo de pesquisas.

Um estudo realizado na Hungria, mostrou que muitas vezes o cão prefere ficar com seres humanos a interagir com outros cachorros.

Atitudes como salvar a vida de seus donos mais do que provam a fidelidade dos cachorros. Mas por que será que eles se comportam assim?

Acontece que, para os cães, o proprietário é um ser superior, a quem devem obedecer e ser fiéis. O simples fato de pertencerem a alguém já é o suficiente para eles demonstrarem gratidão.

O cachorro é o animal que melhor entende o homem. Responder prontamente às ordens e, muitas vezes, dar carinho quando o dono aparenta estar triste são habilidades que adquiriram ao longo de anos de convivência e que justificam a fama de animais inteligentes.

Se você leu até aqui, já percebeu que acessar o Guia é muito mais vantajoso que um Adestramento de Cães em Castanhal convencional.

Guia de Adestramento de Cães irá ajudar você a ter um melhor relacionamento com seu super amigo, tornando a convivência muito melhor e agradável.

Sim Quero Educar Meu Cachorro

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...